Entrar
  
Entrar
Parceiros
ANPPREV

Acordo com AGU e CGU melhora cenário para Odebrecht

  Publicado em 11/07/2018 - Fonte: Matéria retirada do site ESTADÃO Link: https://economia.estadao.com.br/noticias/geral,acordo-com-agu-e-cgu-melhora-cenario-para-odebrecht,70002396602


O acordo fechado ontem com a Controladoria-Geral da União (CGU) e a Advocacia-Geral da União (AGU) é um passo importante para a Odebrecht retomar o fôlego depois da Operação Lava Jato. Na prática, a assinatura do acordo melhora a situação jurídica da empresa e tem potencial para reduzir os entraves na disputa de licitações e na liberação de crédito público.

Apesar de o grupo ainda ter de lidar com os estragos na reputação por causa do envolvimento no maior escândalo de corrupção do País, a companhia tem conseguido reduzir alguns obstáculos que estão à sua frente. Do fim de maio para cá, a Odebrecht conseguiu fechar um acordo com os bancos para liberar R$ 2,6 bilhões ao grupo e alongar outros cerca de R$ 7 bilhões em dívidas a vencer. 

Na semana passada, assinou um termo de compromisso (envolvendo um conjunto de obrigações) com a Petrobrás para voltar a prestar serviços à estatal. E agora conseguiu fechar o acordo com a CGU e AGU, cuja etapa final demorou 16 meses para ser concluído. Em nota, o presidente da Odebrecht, Luciano Guidolin, afirmou que o acordo vai permitir que a empresa avance de “forma mais sustentável na retomada do crescimento”.

Desde a Lava Jato, o faturamento da empresa caiu cerca de R$ 20 bilhões, para R$ 82 bilhões no ano passado; a carteira de obras da construtora, apesar de alguns novos projetos, encolheu quase 60%, para US$ 14 bilhões (R$ 54 bilhões pela cotação de ontem). O desafio da Odebrecht agora é usar a leniência fechada com o governo – embora o Tribunal de Contas da União (TCU) esteja contestando o acordo – para melhorar a situação financeira do grupo e conseguir novos contratos.

Fonte próxima à empresa afirma que, apesar da não ter sido considerada inidônea, a falta do acordo de leniência era um fator de atrapalhava nas negociações. Numa venda de um ativo, por exemplo, havia preocupação do comprador de que decisões futuras dos órgãos de governo pudessem respingar no contrato fechado. O acordo fechado ontem dá mais transparência nesse aspecto, afirma a fonte.

Além do Brasil, a empresa já fechou acordos com cinco países: Estados Unidos, Suíça, República Dominicana, Equador e Panamá (Guatemala deve fechar em breve). Outros 17 acordos foram firmados com os Ministérios Públicos Estadual e federais nos Estados, como São Paulo e Rio. Desde março de 2017, a Odebrecht já está sob monitoramento externo independente, sob supervisão do Ministério Público Federal e do Departamento de Justiça dos EUA.





Últimas notícias

AÇÃO PARA OBTENÇÃO DE INFORMAÇÃO DO VALOR DO BENEFÍCIO ESPECIAL
ANPPREV cumpre agenda durante a semana
ANPPREV participa de reunião na Procuradoria Regional Federal 1ª região
MEDIDAS EM DEFESA DA CARREIRA PAUTAM REUNIÃO DO FÓRUM NACIONAL DA ADVOCACIA PÚBLICA FEDERAL
OAB PEDE NULIDADE DE PORTARIAS DA AGU QUE BANALIZAVAM A REMOÇÃO DE MEMBROS DA PGF
FÓRUM NACIONAL DA ADVOCACIA PÚBLICA AJUÍZA AÇÃO PARA QUE UNIÃO ESPECIFIQUE VALOR DO BENEFÍCIO ESPECIAL
Informe DAJ - PFE/INSS recebe ANPPREV para tratar de ações judiciais
Com crise no atendimento, INSS tem 1.078 servidores cedidos para outros órgãos
Associados da ANPPREV têm vantagens exclusivas
ANPPREV DIVULGA - Informação da DAJ
Asaclub tem vantagens para você
Eleições para Conselho Superior da AGU foram suspensas
ANPPREV participa de audiência pública sobre situação da GEAP
REUNIÃO DO CONSELHO E ASSEMBLEIA GERAL REALIZADAS EM BRASÍLIA
ENTIDADES DO FÓRUM NACIONAL DA ADVOCACIA PÚBLICA FEDERAL SE REÚNEM EM BRASÍLIA
ANPPREV sedia Encontro de Procuradores do INSS
Previdência complementar: prazo de migração acaba em julho de 2018
STF vai decidir sobre férias de 60 dias para membros da AGU
MOVIMENTO NACIONAL PELA ADVOCACIA PÚBLICA PROPÕE CARTA DE COMPROMISSO PARA CANDIDATOS
ANPPREV se reúne com dirigentes do INSS para tratar de ações judiciais e outros temas


      

© ANPPREV 2018 - Associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais

Endereço   SAS 06 Bloco K - Ed. Belvedere - Grupo IV    Brasília/DF    CEP   70070-915
Telefone: 61 3322-0170 | 0800 648 1038

Área do Associado     Seja um associado       Privacidade


A experiência que faz a diferença.
ANPPREV   61 3322-0170 | 0800 648-1038
0412