Entrar
  
Fazer login
Parceiros
ANPPREV

INSS e AGU esperam recuperar 1,9bi para a Previdência Social

  Publicado em 13/03/2018


O Instituto do Seguro Social - INSS e a Advocacia Geral da União - AGU recuperaram, de 2010 para cá, mais de 44 milhões de reais aos cofres da previdência social, desviados pelo pagamento irregular ou inadequado de benefícios.

No polo ativo de mais de 5 mil ações regressivas, ajuizadas contra empresas acusadas de violarem regras de segurança do trabalho, a AGU calcula que ainda poderá reaver até 1,9 bilhão de reais gastos com o pagamento de auxílio-doença, auxílio-acidente, aposentadoria por invalidez e pensão por morte resultantes da negligência das empresas quanto a fiscalização e controle dos equipamentos de segurança dos empregados.

A instituição promete ampliar a atuação priorizando ações coletivas e reanálises de todos os acidentes fatais desde 2013 e que geraram encargos ilegítimos ao INSS.

A Previdência Social tem obrigação de conceder os benefícios de direito, porém, não quando o acidente ocorreu por negligência do empregador. Nessa caso, é a empresa que assume os débitos.

Desde 1988, a CF estabelece que os empregadores têm obrigação de pagar indenizações e reparações devidas aos trabalhadores que se acidentam por dolo ou culpa dos patrões. Em 91, a lei 8213 determinou que a negligência patronal com segurança e higiene do trabalho deve ser acusada e processada pela Previdência Social, em defesa da proteção individual e coletiva no ambiente laboral.
Até 2007, porém, a medida não era tida como prioritária, apresentando números nada expressivos de ações regressivas. A partir daí a AGU designou Procuradores Federais para atuarem exclusivamente com a matéria previdenciária, fazendo com que a cada ano o número de ações e os valores recuperados aumentassem.

É patente, portanto, que a atuação dos Procuradores Federais no âmbito da Previdência é fundamental para o equilíbrio dos cofres públicos e a preservação do patrimônio da população, motivo pelo qual as carreiras da AGU devem seguir na busca por reconhecimento e valorização.




Últimas notícias

ERRATA do Edital de Convocação da Assembleia Geral Ordinária
ANPPREV DIVULGA - CONVOCAÇÃO DE ASSEMBLEIA
ANPPREV pede reunião com relator do PL do Extrateto
Presidente do INSS é demitido
Anpprev divulga: Vale a pena o servidor mudar para o Regime de Previdência Complementar?
Promoções para advogados públicos federais
Mediação do auxílio-moradia pela AGU gera revolta
Mensagem da ANPPREV pelo Dia das Mães
Previdência dos servidores continua ameaçada
A responsabilização do advogado público na emissão de pareceres técnico-jurídicos
Alzheimer pode ser tratado com musicoterapia
Forum oficia AGU em repúdio ao controle de frequência
Forum Nacional da Advocacia Pública Federal: carreiras criticam gestão da AGU
Nota de Repúdio - gestão da Advocacia Geral da União
ANPPREV INFORMA - notícias sobre ações, assembleia e providências
Presidente da ANPPREV fala sobre o 1º Diagnóstico da Advocacia Pública Municipal
FÓRUM DA ADVOCACIA PÚBLICA FEDERAL SE REÚNE NA ANPPREV
Movimento Nacional pela Advocacia Pública reúne-se em Brasília
Entidades se reúnem com o Presidente nacional da OAB
É OFICIAL: CADUCA A MP 805


© ANPPREV 2018 - Associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais

Endereço   SAS 06 Bloco K - Ed. Belvedere - Grupo IV    Brasília/DF    CEP   70070-915
Telefone: 61 3322-0170 | 0800 648 1038

Área do Associado     Seja um associado     Facebook     Privacidade


A experiência que faz a diferença.
ANPPREV61 3322-0170 | 0800 648-1038
  inatto.com
2336