A ANPPREV é uma entidade filiada:
ANPPREV
Notícia / ANPPREV/SINPROPREV - Urgente - ANPPREV 20 anos

Os dias que antecederam a criação da ANPPREV em 28-08-1992.

  Atualizado em 07/02/2013 16:13

 OS DIAS QUE ANTECEDERAM A CRIAÇÃO DA ANPPREV

EM 28-08-1992

 

14 de agosto

O presidente Collor fez um pronunciamento em rede nacional de televisão, pedindo apoio à nação. O presidente convocou a população a vestir as cores nacionais (verde e amarelo) e sair pelas ruas no próximo domingo (dia 16), em resposta aos que o acusavam.

16 de agosto

Milhares de jovens tomaram as ruas das capitais vestindo roupas negras, e com o rosto pintado na mesma cor, em sinal de luto contra a corrupção. Logo a imprensa noticiou o movimento dos "caras-pintadas", numa referência a uma insurreição militar homônima. O domingo ficou conhecido como "domingo negro".

25 de agosto

O Movimento pela Ética na Política exigia maior empenho da população nas manifestações contra a corrupção, para também pressionar o Congresso Nacional a favor do impeachment do presidente Collor. As manifestações cresceram grandemente com a proximidade da votação do relatório final da CPI. Na manhã do dia 25 de agosto cerca de 400 mil jovens tomaram o Vale do Anhangabaú (São Paulo). Aderiram em massa os estudantes de Recife (100 mil) e Salvador (80 mil).

26 de agosto

Em Brasília cerca de 60 mil pessoas fizeram manifestações contra o presidente Collor, enquanto o relatório era votado pelo Congresso. O relatório foi aprovado com 16 votos a favor e 5 votos contra. O pedido de impeachment começou a ser elaborado pela Câmara dos Deputados.

Fonte: Wikipédia

28 de agosto

O processo do impeachment é aprovado pelo Congresso Nacional!

Tarde de sexta-feira, 28 de agosto de 1992, procuradores vindos de todo o país para um treinamento sobre inquéritos e sindicâncias aproveitaram a oportunidade daquele encontro para discutir problemas funcionais, sobretudo o arrocho salarial imposto pelo presidente Fernando Collor.

Nos dias anteriores, os intervalos do curso de capacitação foram tomados pela indignação dos participantes, pois Collor, além do arrocho, colocara em disponibilidade a maioria dos colegas, o que representou absurda sobrecarga de trabalho nos ombros dos que não foram alijados do serviço público.

Mas os dias de Collor já estavam contados, pois das janelas da Procuradoria Geral do Inss assistíamos manifestações populares pedindo o  seu impeachment. E, por isso, o que seria um curso de capacitação acabou por se transformar em mais um poço a transbordar mágoas e mais mágoas com aquela situação. Não tardou e lá estávamos nós engrossando o coro dos cara pintadas, bem assim andando pelo Salão Verde na tentativa de apressar a aprovação da Lei Orgânica da AGU.

Aquela sexta-feira era o dia de nossa despedida. De malas prontas para o regresso aos nossos Estados, temíamos não nos vermos mais, sobretudo por conta da afiada foice chamada disponibilidade.

Meire, a Consultora que por todos aqueles dias nos albergou em seu gabinete e nos transportou em sua sambada Caravan verde, como que tomada pelo brado que ecoava lá da Esplanada dos Ministérios, disse “é agora ou nunca!” e poucos minutos depois a Anpprev foi fundada!

Maurício Correa, procurador autárquico federal aposentado,vira peça-chave para a governabilidade.

Nos dias em que antecederam a aprovação do impeachment do Collor pelo Congresso Nacional e a própria criação da Anpprev, estivemos várias vezes no gabinete do Senador Maurício Correa, nosso colega procurador. Percebíamos a sua azáfama parlamentar, mas não tínhamos a mais leve suspeita do que ele viria a ser. Afastado o presidente, Maurício se tornou Ministro da Justiça de Itamar Franco, bem assim o seu braço direito.

Antes, porém, de se tornar ministro, Maurício assinou uma emenda num projeto que resultou na Lei 8538/92, que nos concedeu uma gratificação chamada GEFA. Aliás, não fosse o próprio Maurício e o seu prestigio junto ao novo Presidente da República, a nossa emenda teria sido vetada.

Resumo da Ópera: Com pouco mais de três meses de sua fundação, a Anpprev retirou cerca de dois mil procuradores federais do fundo do poço!

E foram eles que, em peso, se cotizaram e dotaram a incipiente Associação do que melhor havia em termos de estruturação, inclusive a nossa magnífica sede, adquirida por algo em torno de um milhão de dólares da época da aquisição!

SE NADA TIVESSE SIDO FEITO NOS SEUS VINTE ANOS DE EXISTÊNCIA, COMPLETADOS HOJE, A ANPPREV JUSTIFICOU A SUA CRIAÇÃO AO DAR OS SEUS PRIMEIROS PASSOS.

TOMADOS POR PARADIGMAS, FORAM OS ANPPREVIANOS QUE ABRIRAM CAMINHO PARA QUE AS DEMAIS CARREIRAS CONGÊNERES BUSCASSEM TRATAMENTO IGUALITÁRIO.

NÃO É SEM RAZÃO QUE MAURÍCIO CORREA E ITAMAR FRANCO SÃO NOSSOS BENEMÉRITOS!

Fonte/Autor: ANPPREV, para ANPPREV.


Ver todas...


      

© ANPPREV 2019 - Associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais

Endereço   SAS 06 Bloco K - Ed. Belvedere - Grupo IV    Brasília/DF    CEP   70070-915
Telefone: 61 3322-0170 | 0800 648 1038

Área do Associado     Seja um associado       Privacidade


A experiência que faz a diferença.
ANPPREV   61 3322-0170 | 0800 648-1038
1234