Marc Fazer login
Notícia
INTERLOCUÇÃO

ANPPREV e Fonacate levam demandas à equipe de transição


Encontro ocorreu nesta terça-feira, 29 de novembro, em Brasília
  30/11/2022



O diretor de Finanças e Patrimônio da ANPPREV, Aluizo de Lucena, juntamente a outras lideranças do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), se reuniu com membros da equipe de transição do governo eleito na tarde desta terça-feira, 29 de novembro, em Brasília. Os representantes dos servidores foram recebidos pelo ex-ministro e ex-senador Aloizio Mercadante e pelo Procurador da Fazenda Nacional, coordenador da área de Transparência da equipe de transição, Jorge Messias.

Aos interlocutores, o Fonacate apresentou diretrizes para o fortalecimento das instituições públicas e a valorização do corpo funcional do Estado. Ainda, levou demandas emergenciais da classe. Destaque para a necessidade de uma recomposição salarial para os servidores do Executivo nos mesmos moldes do reajuste requeirdo pelo Poder Judiciário. Outro pleito apresentado foi por um tratamento isonômico, também em relação ao Judiciário, no que se refere à Proposta de Emenda à Constituição 63/2013 - PEC dos Quinquênios -, caso a matéria seja aprovada no âmbito do Congresso Nacional.

Junto às demais entidades representativas da Advocacia Pública presentes no Fonacate, a ANPPREV, ainda, salientou a importância de que seja escolhido um advogado público de carreira para o comando da Advocacia-Geral da União (AGU), como forma de reconhecimento do alto padrão técnico dos membros das carreiras da Advocacia Pública.

Por fim, as lideranças do Fórum manifestaram o desejo de que seja estabelecido um canal de comunicação permanente entre as partes, como forma de discutir o contínuo aperfeiçoamento do setor público.





    

© ANPPREV 2023 - Associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais

Endereço:  SAUS 06 Bloco K - Ed. Belvedere - Grupo IV, Brasília/DF, CEP 700.70-915
Telefones: 61 3322-0170 | 0800 648 1038

Fazer login | Seja um(a) Associado(a)


Inatto