Marc Fazer login
Notícia
REFORMA ADMINISTRATIVA

Começa ciclo de debates sobre a PEC 32/2020 na CCJC da Câmara


Primeira audiência, nesta segunda-feira, 26, além de parlamentares, contou com as presenças de juristas e representantes do governo e de entidades da sociedade civil
  27/04/2021
  Atualizado em 05/05/2021



Começou o ciclo de debates sobre a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 32/2020 - reforma administrativa - na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJC) da Câmara dos Deputados. A primeira audiência, na tarde desta segunda-feira, 26 de abril, além de parlamentares, contou com as presenças de juristas e representantes do governo e de entidades da sociedade civil.

Flexibilização da estabilidade, multiplicação de vínculos de trabalho entre servidor e Administração Pública e concessão de superpoderes ao chefe do Executivo foram alguns dos temas de divergências. Sobre este último ponto, a coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida, Maria Lúcia Fatorelli, afirmou que “ofende o princípio da moralidade pública e traz de volta o apadrinhamento”.

Na mesma linha, o professor da Faculdade de Direito da Universidade Federal de Pernambuco, Francisco Cavalcanti, chamou a disposição de “desastre”.

Sobre a estabilidade, o coordenador do Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese), Fausto Augusto Júnior, argumentou que se trata do “cúmulo da falta de responsabilidade” e fará com que os trabalhadores possam ser “modificados ao sabor do governo de plantão”.

O objetivo do relator da PEC 32/2020, Darci de Matos (PSD/SC), é promover outras seis audiências públicas no colegiado até o próximo dia 14 de maio e, na sequência, apresentar seu parecer.

Assista aqui o evento desta segunda-feira na íntegra.





    

© ANPPREV 2021 - Associação Nacional dos Procuradores e Advogados Públicos Federais

Endereço:  SAUS 06 Bloco K - Ed. Belvedere - Grupo IV, Brasília/DF, CEP 700.70-915
Telefones: 61 3322-0170 | 0800 648 1038

Fazer login | Seja um(a) Associado(a)


Nova ANPPREV - A prioridade é você!
Inatto